Vale apena fazer concurso antes de terminar a faculdade?

Se você chegou nesse post é porque deseja passar em um concurso público, certo? E isso é uma coisa muito boa.

Então, vamos ver se vale apena você começar a estudar para fazer concursos antes mesmo de terminar a faculdade.

Pois, você sabe que um emprego público é uma garantia de viver melhor ou planejar com segurança uma transição de carreira.

E hoje quero mesmo falar com você que está iniciando sua vida profissional ou está fazendo uma nova graduação para mudar de carreira.

Mas antes vamos fazer uma reflexão baseada na sabedoria do Rei Salomão:

“Quem espera que o vento mude ou que o tempo fique bom, nunca plantará e nem colherá nada” (Eclesiastes 11:4-5)

Ou palavras mais modernas, quem espera que tudo esteja certo para começar a estudar, jamais vai começar.

Por isso, vou te dar TRÊS MOTIVOS para começar a estudar para concursos hoje mesmo!

1ª Motivo – Experiência

O problema é que muita gente deixa para fazer concursos somente depois que pega o diploma, e vai para sua primeira prova achando que vai dar tudo certo.

Aí se surpreende ao descobrir que a faculdade não deu conhecimento suficiente para passar em um concurso público na sua área de formação.

Para piorar leva mais 1, 2, 3 anos estudando para conseguir uma aprovação. E por que isso acontece?

É simples, o concurso cobra conteúdos que não foram vistos na faculdade ou foram estudados de forma superficial.

Hoje em dia sem se preparar antecipadamente e com qualidade, passar em concursos fica quase impossível. 

Por isso quem começa antes tem a seguinte VANTAGEM:  Ganha bagagem, massa cefálica, conexões neurais.

Ou seja, cria uma base forte para concorrer concursos de alto níveis, antes mesmo de pegar o diploma ou assim que pegar.  

2ª – Motivo: TEMPO PARA POSSE

Alguns órgãos públicos demoram para nomear e esse tempo pode ser primordial para você terminar seu curso e ficar apto para assumir o cargo.

Então imagina comigo, você passa em um concurso, faltando 2 anos para concluir o nível superior, e o órgão não nomeia ninguém nesse período.

E quando você pegar seu diploma o órgão resolve começar nomear. Olha que maravilha, você sai da faculdade já com um excelente início de carreira.

Agora imagina o contrário: Você sai da faculdade, leva mais 1 ano para passar em um concurso, depois mais 2 anos para ser nomeado.

Puts, 3 anos de atraso na sua carreira. Por isso, o melhor é começar antes de terminar a faculdade.

3ª – Motivo: Chance de pegar o Diploma antes de terminar o curso.

Como assim professor? Está falando sério! Isso seria uma maravilha, colar grau antecipadamente.

Sim, estou falando sério e essa pergunta sempre me fazem, mas professor: E se me nomearem sem ter concluído minha faculdade?

Para tudo existe um recurso e no seu caso pode EXISTEM DOIS recursos para que você tenha a expectativa de uma nomeação futura ou garantir a posse dentro do prazo.

Primeiro Caso:

Vamos dizer que você sempre foi um aluno exemplar tirando notas excelentes em todas as disciplinas.

Quando for nomeado se tiver no último semestre do curso poderá pedir o adiantamento do diploma para sua instituição.

Essa regra é permitida pela Lei Federal da Educação nª 9394/96. Mas cada universidade tem seus exigência para tal.

A lei apenas permite a redução do tempo para conclusão do curso, permitindo que cada universidade dite suas próprias regras para ceder esse direito ao acadêmico.

Por exemplos:

  • Algumas universidades exigem que o acadêmico esteja cursando o último semestre, que comprove aproveitamento 1 ponto acima da média em 80% das matérias que já cursou.
  • Há universidades que vão exigir que o universitário além de ter concluído 75% do curso, comprove notas acima da média nos conteúdos já cursados e passe por banca avaliadora.

Quero afirmar que você vai ter que ralar bastante num período curto para provar que está apto para receber seu diploma e tomar posse no concurso.

O legal disso é que depois vai curtir seu cargo público com muita felicidade. Essa é a parte boa de se dedicar mais que a média.

Segundo Caso:

Se você não se enquadra nos requisitos do primeiro caso, então você poderá pedir o recurso final da fila.

Que é um recurso que você sair da sua posição original e passar a ser o último da fila dos aprovados.

Caramba, isso não parece ser uma boa coisa. De cara não parece mesmo! Mas é bem melhor do que deixar de tomar posse e perder sua vaga.

Esse recurso você usa para ganhar tempo e concluir sua graduação antes de ser nomeado novamente.

Então, esse é um bom motivo para você começar a fazer concursos antes mesmo de concluir sua graduação.

Já que, mesmo faltando muito tempo para concluir sua graduação, ainda a possibilidade de tomar posse no concurso em tempo oportuno.

Casos reais:  aprovação antes de concluir o curso, antecipação do diploma e final da fila.

É claro que só falar que existe não prova nada, então resolvi mostrar com casos reais para você.

Casos que me inspiraram a escrever esse post com os três motivos para que você comece a estudar para concursos antes de concluir seu curso superior.

Melhor do que contar uma história é vivenciar, por isso quero contar para você minha experiência de aprovação antes de pegar meu diploma de nível superior.

Depois vamos falar dos dois outros casos, adiantamento do diploma e o recurso final da fila.

Experiência Própria: aprovação antes de concluir o curso superior.

Se você acompanha minhas redes sociais ou já leu minha história aqui no Blog, sabe que fui aprovado em 4 concursos antes de concluir o nível superior.

Claro que três deles foram de nível médio, mas que me deram uma enorme bagagem para conseguir minha primeira aprovação no nível superior.

Aprovação que se confirmou um dia antes da minha colação de grau. Lembro perfeitamente da alegria que senti nesse dia.

Minha vontade era sair gritando para todo mundo que eu tinha sido aprovado para o cargo de Analista de Trânsito do DETRAN-MT. 

Então, eu larguei a faculdade com o pé direito, sendo o único aluno da turma aprovado em um concurso público fora da área da educação.

Logo, passei a ser exemplo para os demais colegas que estava colando grau comigo, alguns ate resolveram estudar para concursos.

O melhor mesmo foi poder dizer para minha mãe que todo o esforço estava valendo apena.

Que agora eu teria uma carreira boa, que garantiria uma qualidade de vida e progressão nos estudos.

Pausa: Se interessou pelo cargo de analista de trânsito? Então clique aqui e se empolgue muito mais com o plano de carreira do DETRAN-MT.

É por esse motivo que insisto para você estudar para concursos públicos, antes de concluir sua graduação.

Sem dúvidas vai essa antecipação nos concursos irá te preparar muito melhor, tanto para carreira profissional como para a vida em si.

Caso 1 – Adiantamento do Diploma.

Em 2017, tive vários alunos aprovados no concurso da SEDUC-MT, também disponibilizei várias dicas gratuitas youtube o que me trouxe vários seguidores.

E passei a receber muitas mensagens de concurseiros que ainda não tinha concluído a graduação.

E vendo o desespero deles, não poderia deixar de buscar informações sobre a possibilidade de tomarem posse no concurso.

Fico só imaginando, uma pessoa lutar tanto para conseguir a aprovação e no final perder por não preencher algum requisito.

Foi com essa vontade de ajudar que descobri o recurso administrativo, adiantamento do diploma, previsto na Lei Federal da Educação 9394/96.

No vídeo do canal VIA LEGAL conheci a história da Raquel Negreiros que foi aprovada em 1ª lugar para Analista Processual do MPU.

Ela fez essa proeza no último semestre do curso de direito e para antecipar seu diploma teve que passar por uma sabatina na Universidade.

Graças a Deus e todo seu esforço foi aprovada e teve seu diploma adiantado e hoje é servidora federal.

Caso 2 – Recurso Final da Fila

No concurso do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, no ano de 2013, um candidato aprovado par ao cargo de Auditor de Controle Externo.

Aprovado entre os 5 primeiros colocados, foi nomeado, porém ainda não tinha concluído o nível superior.

Também não se enquadrava dentro dos requisitos exigidos para solicitar o adiantamento do diploma.

No caso, ele pediu o recurso final da fila e passou para a posição 27. Cerca de 2 anos depois ele foi nomeado.

Esse é jovem graduando saiu da faculdade com a garantia de uma das melhores carreiras dos tribunais.

Quando falo uma das melhores não estou brincando, um auditor de controle externo no TCE-RO inicia a carreira ganhando cerca R$ 6.762,89.

O melhor ainda é o plano de progressão que passa dos 22 mil reais. É um cargo que o servidor tende a querer se aposentar nele.

Até já vejo você se imaginando ganhado uma grana dessas. E se imagine mesmo, pois imaginar nos motiva a vivenciar.

Creio que suas dúvidas foram sanadas, e hoje mesmo vai começar a estudar para concursos. E se você não sabe por onde começar eu posso te ajudar ainda mais, clique aqui e saiba como!