Como estabelecer e alcançar sua meta de aprovação em concurso público em 2018?

Concurseiro, seu 2018 tem metas ou prazo de validade?

Qual a diferença entre metas e prazo de validade?

É comum ao final de um ano e início de outro começarmos a pensar em tudo que fizemos ou deixamos de fazer no ano que passou, começamos a refletir se nos esforçamos ou não para alcançar nossos sonhos.

E se esse balanço for negativo, se você não estudou tudo o que tinha planejado estudar ou o que foi recomendado por seus professores, bate aquele arrependimento!

Mas independentemente de estar se sentindo arrependido ou realizado pelos feitos do ano que passou, todos nós temos um ano novo inteirinho pela frente para estipular metas e alcançá-las em prol dos nossos sonhos.

Portanto, o importante é focarmos nas metas para 2018, até porque neste ano haverá muitos concursos em várias áreas, inclusive muitos editais já estão abertos. Que as metas nos impulsionam rumo aos nossos sonhos isso é uma verdade, mas pode acontecer do concurseiro ao invés de colocar uma meta colocar um prazo de validade para o seu sonho ou objetivo.

Como assim prazo de validade para alcançar o objetivo? Por exemplo, existem concurseiros que começam a estudar e dizem “Bem, vou estudar seis meses ou um ano, no máximo

dois e se eu não passar vou abandonar esse negócio de concursos e vou partir pra outra”, ou “Vou fazer um número X de concursos”, ou ainda “Esse vai ser meu último concurso e seu eu não passar não vou mais prestar concursos públicos”. Esses são exemplos de dar prazo de validade para o seu sonho.

Já meta é você definir o passo a passo para realizar seu sonho, alcançar o seu objetivo.

Por exemplo, vou definir a meta de estudar Direito Constitucional e estudar todos os artigos comuns ao meu concurso, no mês de janeiro, ou estudar Português do zero, compreender gramatica do zero no mês de março, ou estudar português todos os dias.

Esses são exemplos de metas, e ao definir as metas o que fazer e quando fazer, vai determinar quanto tempo tem para subir aquele degrau que é necessário para que chegue no andar que deseja.

“Beleza, entendi claramente o que são metas mas não sei como definir minhas metas, como relacionar os objetivos a serem cumpridos com os respectivos prazos, e não colocar um prazo muito apertado ou longo para determinado objetivo.”

Bem, para chegarmos a um equilíbrio temos que levar em consideração as variantes, mas primeiramente temos que ter decidido de forma clara nossos objetivos, qual concurso desejamos alcançar.

Depois de termos estabelecido o nosso objetivo, fica mais claro o caminho que temos de percorrer para chegar lá, seja pelos editais anteriores, ou por um curso ou apostila que venha adquirir para o concurso que deseja, você saberá quais matérias precisa estudar, e quais os conteúdo que precisa ter conhecimento.

Agora cabe você analisar o tempo que tem disponível para os estudos e o tempo médio que você gasta para estudar cada conteúdo, normalmente gastamos mais tempo com as matérias que temos mais dificuldade e menos tempo com as que temos mais facilidade.

E nesse processo de ir se conhecendo, chegaremos a um equilíbrio e estabeleceremos metas cada ­­­vez mais certeiras! Porém, o mais importante é manter e desenvolver a disciplina, pois é onde normalmente falhamos e o que mais atrapalha alcançarmos nossas metas.

Outra questão importante é usar o bom senso na hora de estabelecermos nossas metas, porque muitas vezes podemos nos empolgar com a renovação que o início do ano nos traz e colocar metas ambiciosas estipuladas no calor da empolgação que com o tempo podem nos fadigar e ser difícil cumpri-las.

O ideal é fazermos um plano de estudos, de acordo com o concurso que desejamos, se você quer dicas para fazer um plano de estudo acesse o nosso post no link a baixo.

Como laborar um plano de estudo perfeito para seu concurso