Falaram que ele nunca passaria em um concurso público.

Olá, eu sou o Professor Marlon Souza e vim compartilhar com vocês um pouco da minha história, como que passei em 5 concursos públicos  mesmo em condições adversas.

Quantas vezes alguém já tentou desanimar você? Quantas vezes já te disseram que para passar em um concurso público você teria que estudar com os melhores professores? Comprar o melhor cursinho preparatório e se dedicar ao menos dois anos de estudo? Ou ainda, falaram que para passar é preciso ter um amigo influente na política, tipo um Deputado?

Se você decidiu estudar para concursos e ainda não passou por nenhuma dessas situações, provavelmente você está cercado de pessoas que torcem pelo seu sucesso. Mas se ao contrário, assim como eu, já escutou ou continua escutando esses questionamentos desmotivadores, não se perturbe, siga em frente com seus projetos.

Fui criando em um contexto para gerar resultados imediatos, ou seja, precisava trabalhar para sobreviver, tinha que ter um emprego, se possível estudar também.

Mas ao certo é que, na minha família, a educação sempre ficou em segundo ou terceiro plano.  Graças a Deus mesmo trabalhando 8,9 e 10 horas por dia, não abandonei a escola.

Quando comecei a estudar para concurso, não bastava a minha própria família falando que estava ficando louco.

Alguns “amigos” também começaram a tentar me desmotivar, falando que nunca conseguiria, que era uma perda de tempo e dinheiro.

Reprovei em várias provas, e a cada reprovação vinham todos novamente com essas afirmações.  Quase conseguiram me abater.

Cheguei a pensar em desistir e ir trabalhar com outras coisas, mas na minha memória ecoavam dois versículos Bíblicos:

Quem espera que o tempo mude ou que fique bom nunca plantará nem colherá nada. Eclesiastes 11:4, 5

Os que esperam no Senhor renovarão suas forças, correram e não se cansarão, voarão como águias. Isaías 40:31

Persisti, estudei feito um louco, a cada derrota voltava para casa com o sentimento que precisava estudar mais.

E assim, fazia, cada vez estudava mais, então comecei a ficar no cadastro reserva, e comecei a creditar que poderia alcançar uma vaga.

Por um tempo dobrei os meus esforços, nessa altura muitos que diziam ser meus amigos, sumiram ou não me procuravam mais para nada, o que foi para mim um momento de angustia, solidão e ao mesmo tempo alívio de ficar respondendo aquela velha questão –

“Eai, não passou ainda?” Que vem sempre acompanhada de uma comparação – “O Fulano, filho do Beltrano nem estudou e passou”.

Foram incontáveis noites e madrugadas na frente de um computador ou debruçado sobre um livro. Mas o que posso dizer para você é que valeu muito apena.

Já se passaram 4 anos desde que decidi estudar para concursos, atualmente coleciono 5 aprovações de ampla concorrência , sendo 3 de ensino médio e 2 de nível superior.

As três primeiras foram as mais difíceis, as duas ultimas foram bem mais tranquilas, apesar do nível de dificuldade da prova ser bem maior.

Mas estava estudando com métodos e estratégias de estudo avançados, o que diminuíram minha carga de estresse e também as horas de estudos passaram a ser bem prazerosas. Fiz um conteúdo especial para você explicando alguns desses métodos e estratégias de estudo avançados que contribuíram para a minha aprovação.

Por fim, você deve viver a sua história, lutar por ela, construir o seu caminho, a maioria das pessoas tem medo perder, por isso nem mesmo arriscam, e quando veem alguém lutando para alcançar um lugar mais alto, correm para tentar impedir esse salto que, na cabeça delas, é um passo muito perigoso.

Se você quiser saber quais foram os concursos que passei, clique aqui! Aproveite e conheça um pouco mais da minha história!

Foco, a sua posse está mais aperto do que imagina!