COMO FAZER ÓTIMOS RESUMOS EM 5 PASSOS SIMPLES

Olá, tudo bem? Você é aquela pessoa que não sabe como fazer ótimos resumos, que ao final do resumo percebe que ele ficou quase com o mesmo tamanho do texto original?

Ou você não sabe como dispor seu resumo, se faz texto corrido, sequencial com tópicos ou se desenha usando esquemas?…

Então fique aqui comigo que vou te dar um passo a passo para que você possa fazer ótimos resumos

Passo zero:  antes de começar, é necessário que você entenda que é preciso uma postura ativa durante sua leitura, pois ler ou assistir uma videoaula é um processo passivo, no qual você está recebendo as informações como se você uma caixa vazia e alguém estivesse colocando informações ali, o problema é que a caixa é furada nesse sistema e poucas informações são retidas.

Bem, mas se ler é um processo passivo, como vou ter uma postura ativa na leitura? Um método que funciona muito é você ir fazendo perguntas sobre o assunto que está lendo (o que é? Para que serve? Como funciona? Como funciona na prática?)

É importante manter sempre o foco na síntese e na objetividade, observe se é necessário colocar algo da explicação ou se somente a conceituação é o suficiente, tente sintetizar (palavras-chaves) e colocar somente o que é mais importante, para que seu resumo seja de fato um resumo do texto.

Obs.: Para fazer bons resumos é preciso desenvolver seu poder de síntese e objetividade, talvez a princípio você tenha um pouco de dificuldade, mas não desista quanto mais treinar mais irá desenvolver essa habilidade e com o tempo será moleza.

Passo 1 – Entenda o texto!

O passo anterior vai colaborar neste, mas aqui quero ressaltar que você precisa entender a mensagem do texto, você pode ir fazendo isso entendendo a mensagem principal de cada parágrafo.

Uma observação importante é que caso seja um assunto complexo, em que esteja tendo o primeiro contato, talvez seja necessário ler mais de uma vez até que seja bem entendida a mensagem.

Quando estou estudando faço isso em alguns parágrafos, que não entendi na primeira leitura, pois como a ideia do resumo é ser uma síntese do assunto, não adianta anotar os conceitos principais se não entendemos o conteúdo não é mesmo?

Passo 2 – foco nas palavras-chaves e ideias principais!

Um texto sempre terá as palavras-chaves, que resumem o que o texto quer passar, o segredo é saber selecionar esses conceitos e significados (palavras-chaves e ideias) para ir construindo seu resumo.

Talvez você tenha dificuldade de selecionar o essencial, mas as perguntas chaves (passo ZERO) irão te ajudar nesse processo. Você pode também perguntar para o parágrafo, qual é a ideia essencial aqui da qual todo o restante das frases estão se referindo?

Passo 3 – Escrever e estruturar o resumo:

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 17-Resumos.png

Eis o X da questão, como eu escrevo a síntese do conteúdo conforme eu for selecionando as palavras-chaves? Bem, existem várias formas de dispor o conteúdo e alguns tipos de resumo, e você terá que testar qual a melhor forma para você, qual tipo de resumo você sente que aprende melhor e percebe ser mais viável para as futuras revisões. A seguir vou citar alguns tipos de resumo

RESUMO LINEAR

Nele as informações são escritas de forma sequencial assim como está no texto, porém separadas por tópicos e subtópicos, é importante ter um padrão de títulos, tópicos e o que está dentro de cada tópico, para que não fique confuso seu resumo.

Assim quando for revisar consiga entender o que cada informação se refere. Nessa disposição você pode utilizar-se de setas, colchetes, de esquemas ou de tabelas. É bom ir testando para ver se prefere utilizar algum desses recursos em um momento específico. Lembrando, sempre evite escrever muito.

MÉTODO CORNELL

Outra forma de resumo é o Método Cornell, no qual você divide a folha em três ou quatro partes, uma lacuna superior para colocar o título da mensagem (fica a critério colocar ou não) uma lacuna na lateral esquerda da folha, com um espaço menor para colocar os conceitos chaves, perguntas, lembretes, vocabulário, uma parte central maior com as suas anotações principais sobre o assunto e uma parte embaixo com o resumo do que foi disposto acima.

MAPAS MENTAIS

Os Mapas Mentais também podem ser usados para fazer resumos, no meu ponto de vista é a melhor ferramenta para resumos e revisões, nele você coloca TEMA do assunto no centro da folha e depois vai fazendo ramificações dessa ideia central colocando os tópicos e os subtópicos.

 Podemos fazer a analogia com uma árvore, na qual o tronco seria o assunto e os galhos os tópicos que saem da ideia principal, e os subtópicos seriam os galhos mais finos e as folhas.

O mapa mental é um a forma bem sintetizada de resumo, pois o ideal é colocar o mínimo possível de palavras-chaves em cada ramificações. Para utilizar somente esse tipo de resumo o ideal é que use também símbolos, desenhos, imagens, o qual remete a todo conteúdo.

Tem pessoas que fazem primeiro um resumo sequencial maior e depois constroem um mapa mental com base nele.

RESUMO DE PREGUIÇOSO

O Resumo de Preguiçoso é o resumo em que vai se tomando nota das informações nas laterais do material principal, destacando, colocando as perguntas e os principais conceitos no próprio texto sem construir um resumo estruturado.

Para que seja bem utilizado o ideal é sempre tomar nota escrevendo com suas próprias palavras o que entendeu ou julgou como importante naquela página ou parágrafo.

Você se interessou sobre o assunto, quer aprender mais sobre os tipos de resumo? Nesse E-book Manual do Concurseiro, tem explicadinho sobre cada um com exemplos e muitas outras dicas excelentes para tornar seus estudos mais produtivos.

Um Resumo eficiente precisa ter…

IMAGINAÇÃO – esse é um ponto fundamental dos resumos, utilize cores, relacione com conteúdos que já sabe ou com situações da vida cotidiana. As cores e desenhos despertam o lado criativo do cérebro o que contribuirá para a fixação do conteúdo, pois os dois lados do cérebro o criativo e o lógico estarão trabalhando em conjunto.

A ORGANIZAÇÃO é sempre importante, então selecione uma cor para títulos, outra para tópicos e conceitos e outra para explicações. Isso parece que dá mais trabalho, mas com o tempo e a prática ficará muito fácil, e sentirá sua evolução na aprendizagem rapidamente.

Mas se você tem muito conteúdo para estudar, não perca tanto tempo se preocupando com a estética, pois o foco principal é que seja uma boa síntese do conteúdo, para que você possa revisar.

Fazer revisões é tão importante quanto construir o resumo!

E falando nisso, não se esqueça delas, as revisões, pois de nada adianta fazer ótimo resumo e logo depois deixar ele guardadinho. Claro que o processo de construção do resumo contribuirá e muito para o seu aprendizado e consequentemente memorização (quando você aprende de verdade a memorização é consequência).

Isso acontece porque você trabalhou em cima do conteúdo, usou seus neurônios para pensar e sintetizar o que era mais importante, pensou em como aquele conceito funcionava na prática e visualizou exemplos.

Além de relacionar com algo que já conhecia. Porém se você fizer revisões sistemáticas, dentro do ciclo de revisões, as chances de você NÃO ESQUECER o conteúdo passam a ser de 90%. E como fazer essas revisões? Depois que terminar esse conteúdo clique aqui para você entender como funciona e como fazer as revisões sistematizadas.

Recapitulando brevemente os passos de como fazer um ótimo resumo:

PRIMEIRO: Tenha uma postura ativa diante do conteúdo que vai estudar, SEGUNDO: Se for preciso leia mais de uma vez o texto até que entenda bem. TERCEIRO: Faça perguntas para encontrar os conceitos e palavras chaves além das ideias principais, QUARTO: Construa seu resumo de uma maneira que facilite seu aprendizado, teste e descubra o que funciona para você.

Utilize sua imaginação e criatividade usando cores, símbolos e desenhos. Revisar o resumo periodicamente é muito importante para potencializar a memorização do conteúdo.

Espero que essas dicas sobre como construir um resumo tenham te ajudado, mas lembre-se, assim como tudo na vida elas só funcionarão se você por em prática, então comece a praticar hoje mesmo!

Se deseja se aprofundar ainda mais em técnicas e estratégias de estudo inscreva-se na minha lista vip gratuitamente e receberá uma aula gratuita por semana.

Clique aqui e faça sua inscrição agora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *