Ele é burro. Estuda tanto e não passa em nenhum concurso

Olá,

Hoje lembrei das diversas vezes que fui motivo de piada entre “amigos”, justamente, por ter dificuldades para aprender. Só que a atitude deles foi meu combustível para me esforçar cada vez mais. Com o tempo meu esforço foi diminuindo e os resultados fora, melhorando.

Acredite, reprovei em 10 provas de 15 que fiz.   Mas o legal é que a cada reprovação, apesar dos insultos,  sentia que estava mais perto de alcançar meu sonho. Não foi fácil, foram 1 ano e 6 meses de estudo e um bom de dinheiro gasto até conseguir uma aprovação em um cargo expressivo.

POST PAR O SITE

Não é apenas a dificuldade para aprender que atrasa a aprovação, considero-a a menor dos males. As habilidades podem ser desenvolvidas,  ou seja, toda dificuldade de aprender pode ser superada com o uso das ferramentas corretas.

Não existe pessoa “burra”, o que há são inteligências  pouco treinadas. Com dedicação e treino qualquer dificuldade de aprender pode ser superada.

Nosso cérebro tem uma capacidade incrível de se desenvolver, até mesmo, pessoas com lesões cerebrais surpreendem médicos com o seus desenvolvimento cognitivo. Agora imagina uma pessoa que tem um cérebro perfeito o quanto pode se aprimorar em qualquer área de conhecimento.

Até conseguir a primeira aprovação cometi uma série de erros, que talvez você também esteja cometendo.

1# Inconstância: Estudava muito  quando o edital estava aberto, depois relaxava estudando de vez em quanto.  Essa atitude não causa o que os neurocientistas chama de plasticidade neural, em outras palavras você não expande sua mente para o aprendizado.

Ao contrário, corre o risco de fadigá-la ao fazer muito esforço em um período curto de tempo. Quem estuda para concurso deve estudar todos os dias, respeitando os limites da sua mente para fortificá-la e desenvolver a plasticidade, tornando os estudo um hábito constante e saudável.

2# Desfocado: Queria abraçar o mundo, fazia todos os concursos que estivessem com o edital aberto.  Quem quer tudo não consegue nada por inteiro, é fundamental ter foco, saber o que você quer.

Esse negócio de querer passar em “qualquer” concurso é a maior furada. Quanto mais específico forem seus estudos mais rápido passara no concurso escolhido.

3# Arrogância: O arrogante não escuta conselhos e sempre acha-se dono da verdade. Logo que comecei a aprender bem as matérias, também comecei a ser bastante arrogante, só conversava sobre concursos com pessoas que considerasse mais inteligentes que eu.

Graças a Deus, um grande amigo me alertou para o mal que isso estava causando a minha aprendizagem. Ele tinha toda a razão, refleti sobre minhas atitudes e comecei a mudar meu comportamento com todas as pessoas, voltando a ser quem eu realmente era.

Passei a motivar alguns colegas e ensiná-los o que sabia, e no final aprendi muito mais com eles, tanto que várias vezes seguidas gabaritei em concursos os conteúdos que os ensinava.  Recomendo, “Seja humilde para aprender e muito mais humilde ainda para ensinar” (Flávio Augusto) .

“Quem despreza a correção cai no escândalo e na pobreza, entretanto, quem acolhe a repreensão é abençoado com honra” (Prov. 13:18).

 Depois de superar esses erros comecei a passar em concursos do nível médio, e quando descobri as técnicas de estudo  em poucos meses passei para Analista do Serviço de Trânsito – PEDAGOGO – DETRAN-MT, com a concorrência de 153/1.  Se você não conhece esse cargo, verifique na imagem a remuneração e progressão de carreira do Analista de Trânsito do Estado do Mato Grosso.

WhatsApp Image 2017-07-22 at 15.58.28

Estudar usando as ferramentas corretas vão alavancar sua forma de aprender e acelerar aprovação. E o mais importante, tape os ouvidos para os insultos e abra-os para o aprendizado. Não desista jamais dos seus sonhos, a fila anda e sua hora vai chegar.

 

Bons Estudos!