Copiar/Colar a “malandragem” que detona com seu sistema cognitivo. Estude para aprender, não para repetir informações.

“Mundo, mundo vasto mundo

Se eu me chamasse Raimundo

Seria apenas uma rima e não uma solução”

     (Carlos Drummond de Andrade)

 

Tem um montão de gente querendo ser igual a outras pessoas, eu mesmo, queria ser igual Jean Claude Van Damme “O grande dragão branco”. Também já quis ser o Ronaldo Fenômeno no futebol. Hoje pratico artes marciais e futebol só por hobby.

E o que isso tem a ver com dicas de estudo Professor? Isso tem a ver com copiar / colar. Essa nossa vontade de querer se parecer com as pessoas, acabamos levando para escola, ao invés de criarmos nossos trabalhos ficamos copiando trabalhos prontos.  Usando para isso o famoso Crtl+C (copiar) / Crtl+V (colar).

Parece piada, mas isso acontece até mesmo, nas faculdades, lugar que a pesquisa é fundamental para desenvolver futuros profissionais capazes de produzir e não, somente, reproduzir trabalhos prontos. Se você não sabe o plágio é considerado crime e o responsável sofre sansões penais, conforme a Lei nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.

Copiar Colar

Plágio: Ação ou efeito de plagiar.[Jurídico] Ação de apresentar alguma coisa (trabalho, livro, teoria etc.) como se esta fosse de sua própria autoria, embora tenha sido criada e/ou desenvolvida por outrem; plagiato. (https://www.dicio.com.br/plagio/ acesso em 06/03/2017).

Para facilitar nossa vida de estudante, criaram a internet que sem dúvidas é uma das mais significantes invenções do homem. Basta alguns cliques e temos acesso a uma diversidade de assuntos, quase que infinita.  Mas essa facilidade de encontrar conteúdos tem levado muitos estudantes a cometerem um erro simples, no entanto, bastante danoso para seu aprendizado.

Quando vão fazer um trabalho não possuem critérios para a seleção de conteúdo. Simplesmente, copiam e colam os textos de alguns sites, aleatoriamente, para montar seu suposto trabalho. Muitos nem leem o que acabou de copiar.

Para justificar atitude alguns alunos dizem que o conteúdo nem era tão importante e que o que vale mesmo é a nota para passar de ano. Outros ainda se julgam “espertos”, acreditam que fazendo isso terão mais tempo livre para fazer o que quiserem, ou seja, pesquisar, ler ou averiguar um conteúdo é uma perda de tempo.

VestibularEssa “expertise” não é um ato inteligente. Sabe por que? O problema é que a nota do bimestre não vale de nada para o vestibular, para o concurso público ou para ocupar aquela vaga na empresa.

Pode ser que na empresa você até entre pelo seu currículo, mas não permanecerá se não der resultados. Não adianta ter notas altas em uma disciplina se de fato não sabe aplicar seus conceitos no trabalho real.

Vai ter que voltar a estudar e aprender ou estará fora do mercado. E se acaso esteja pensando em abrir sua própria empresa para fugir dos estudos, sinto muito! Vai ter que estudar do mesmo jeito, pois uma empresa só sobrevive se estiver a frente do mercado, isso requer muita pesquisa e genialidade no trabalho.     unemployed1

Sandro Donnini Mancini, Prof. Da UNESP, disse, ao Jornal Folha do Sul Online de Sorocaba, que “mesmo que ninguém detecte o plágio no seu trabalho, você não ganhou. Você pode até ter conseguido enganar o professor, mas não vai enganar a si mesmo”.

Em outras palavras: você pode fazer seu professor pensar que domina o conteúdo e que escreveu todo o trabalho, mas você não consegue fazer o mesmo com seu próprio cérebro.

Imagine você dizendo para seu cérebro: “olhe copiamos e colamos este trabalho no Office Word, agora cole ele ai em você também, rapidinho sem nenhum esforço!”. Será que seu cérebro vai te obedecer? Certamente, não vai!

Quando você copia e cola sem critérios, deixa de ganhar novas conexões neurais e melhorar seu raciocínio. Toda vez que adquirimos um novo saber, surgem novas conexões neurais no seu cérebro, por isso Albert Einstein disse que “uma mente que se abre a uma nova ideia jamais voltará ao seu tamanho original”.

Quando ganhamos um novo conhecimento nosso cérebro se expande, criando novas sinapses (caminhos entre os neurônios). Isso vai fazer você entender e aprender mais rápido.

O Crtl+C / Crtl+V são ferramentas excelentes do Office Word. Foram criadas para você organizar seu texto sem ter que ficar apagando e escrevendo o tempo todo, mudando parágrafos e citações sem a necessidade de reescreve-los. Inclusive usei esse recursos várias vezes enquanto digitava esse texto.

 A tecnologia veio para melhorar a humanidade, dar mais qualidade de vida a todos, bem como, aprimorar as inteligências de cada um. No entanto, muitos estão transformando essa ferramenta no dia temido por Einstein.

 “Temo o dia em que a tecnologia irá superar nossa interação humana. O mundo terá uma geração de idiotas”. (Albert Einstein).

Agora que você já sabe que o problema de copiar e colar não é só o crime de plágio. Quando seu professor te pedir uma pesquisa sobre qualquer assunto. Você gostando dessa matéria ou não, simplesmente, pesquise e escreva seu texto. Essa atitude vai te dar mais maturidade, vai expandir sua mente, além de ampliar seus conceitos sobre o assunto estudado.

Por fim, sabe aquele poema de Drummond no início do texto, que você, talvez, achou até meio sem sentido. Ele é somente para te dizer: pare de querer ser Raimundo e seja você, não faça da sua vida estudantil uma rima, viva ela de fato! Você pode muito mais do que copiar colar. Não engane a si com rimas dos outros, cria suas próprias rimas. Você pode fazer muito mais, não se esqueça disso.

Espalhe essa notícia e ajude sua geração a usar a tecnologia para o crescimento intelectual.

Deixe seu comentário, sua opinião nos ajuda a produzir trabalhos melhores!

Grande abraço e bons estudos!